quinta-feira, 4 de março de 2021

Redes Sociais

×

Buscar no site

Newsletter

Planejamento do meu Home Studio

Decidi montar meu Home Studio para poder gravar e produzir minha músicas, os principais critérios eram que precisava ser de baixo custo e portátil.

Imagem por: Álvaro Mecelis

Microfone – Optei pelo microfone condensador da Audio-Technica, o modelo at2020. Apesar de ser um microfone de entrada, ele entrega um excelente custo beneficio, com uma captação equilibrada com um bom grave, além de oferecer um ruido de fundo relativamente baixo para um microfone nessa faixa de preço.

Interface de Áudio – Escolhi a Behringer U-Phoria UM2 por uma questão de economia. Possui dois canais de captação uma entrada XLR com Phantom Power de 48v para alimentar o microfone condensador e uma P10, além de ter uma saída para monitoramento de áudio em direto, sem precisar usar o computador, possui também, saída traseira para caixas de monitoramento. É um ótimo custo beneficio oferecendo o essencial para gravar som de violão e voz com uma qualidade razoável.

Monitor de áudio e Fone – Decidi economizar e não investir em um monitor de áudio por enquanto, apesar de saber que não é o ideal, vou utilizar as caixas do meu minisystem. Para compensar decidi investir em um fone de referência de boa qualidade o ATX-M40x, apesar de na imagem estar o modelo ATH-M20x, decidi pegar o 40, pois ele já possui cabos intercambiáveis. A principal característica desse fone, é o fato dele ser flat, dessa forma junto a interface, você tem um reprodução bem fiel daquilo que está sendo tocado no gravação, permitindo produzir um áudio que soe bem em diferentes tipos de midia.

Computador – A ideia é ter um equipamento portátil, por isso estou pensando em investir em um notebook, mas por enquanto irei utilizar o meu PC, um core i5 com 8gb de ram, que é mais que suficiente para rodar o programas de gravação e mixagem.

Violão – Optei pelo Eagle GL-36 para quebrar o galho por enquanto, junto com o Harmonics GE-30NT Folk, que já possuo, vai ser o suficiente para gravar minhas composições com uma boa qualidade.

Controlador MIDI – Escolhi o AMW Mini 32. Ele é o controlador midi mais barato do mercado, possui apenas recursos básicos e vai servir apenas para inserir as notas no programa de gravação. Ele possui 32 teclas em formato mini responsivas, um controle de pitch, um controlador de modulação, controle de volume e pads iluminados de transposição e oitavas.

Cabos – É sempre recomendado usar bons cabos para não ter perdas na qualidade do áudio e que durem bastante tempo, então optei por investir em cabos da Santo Angelo.

Imagem por: Álvaro Mecelis

Apesar da ideia ser um setup portátil, como por enquanto irei usar meu PC, decidi investir na área de trabalho do Home Studio. Para isso vou usar uma mesa de computador em formato L, pedestais girafa e articulado para o microfone, pop-filter, Shock Mount e um controlador MIDI com teclas de tamanho padrão. E assim, posso criar um ambiente legal para poder produzir minhas músicas.

Andamento do projeto

A compra dos primeiros itens do Home Studio.
Projeto já começando a ganhar forma.
Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *